crônicas

Me pediram para mandar notícias. Eu tentei postar no facebook. Eu tentei mandar mensagem no whatsapp. Eu tentei e-mail. Postei foto no facebook. Mandei (várias) mensagens no whatsapp. Falei pelo skype. Mas eu gostei de escrever e-mail. Sentar, escrever, contar da vida, trocar receitas. Mas daí tive vontade de escrever mais. Já tinham me sugerido escrever um blog. Minha grande amiga Má criou um blog chamado zelandiando para contar as aventuras do seu sanduíche na Nova Zelândia. Se sanduíche no Maine eu chamo de lagosta, sanduíche na Nova Zelândia eu deveria chamar de kiwi. Eu gosto tanto da Má que tudo que ela faz eu quero fazer também. Mas enquanto a Má tem o blog do kiwi dela, eu tenho o blog da minha lagosta. E para descrever minha lagosta escrevo crônicas e receitas da minha vida em Orono, ME. Crônicas porque eu quero contar do meu cotidiano sem ficar contando o cotidiano. Crônicas porque eu gosto de usar ironias e de vez em quando sarcasmo. Ouvi dizer que a presença de ironia e sarcasmo é uma das características que diferencia crônica de conto. E as receitas? Ah, receitas porque eu gosto de cozinhar. Mas cozinhar não é meu hobby, não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s